Vila Santista bate São Paulo, termina 1ª fase na liderança e pega o Coleta nas quartas

O time comandado por Biro levou um susto no final mas conseguiu segurar a vitória

O Vila Santista derrotou o São Paulo do Catiapoã por 5 a 4, na noite desta terça-feira, dia 9 de janeiro, no ginásio CFT Barata/Jabaquara, em Santos e terminou a primeira fase na liderança do grupo B do Campeonato Santista da série A.

O adversário da equipe do canal 6 nas quartas de final será o Coleta Futsal Clube e pela melhor campanha o Vila Santista terá o direito de jogar por um empate. A partida será na sexta-feira, dia 12, no mesmo local. Já o São Paulo que liderava o grupo até a quarta rodada, perdeu seus dois últimos compromissos e terá uma missão difícil nas quartas de final, bater o poderoso Cruzeiro do Morro do São Bento, já nesta quarta-feira, dia 10.

A partida

O jogo começou com o jovem e rápido time do Vila Santista com a posse de bola, buscando os espaços na defesa do São Paulo para finalizar e até conseguiu mas sem perigo para o goleiro Lú.

A primeira chance clara de gol foi do São Paulo com Ranny em um chute forte de fora da área que só não entrou porque Manga mostrou toda sua categoria e com a perna esquerda fez grande defesa.

O Vila Santista teve sua primeira boa oportunidade quando Edmílson ainda na defesa deu um passe cirúrgico para Gabriel Moura no pivô, que usou bem o corpo para ganhar do marcador mas finalizou em cima do goleiro Lú.

E a partida era bastante tensa, afinal, valia a primeira colocação do grupo, o São Paulo precisava apenas de um empate para confirmar a liderança. E o jovem time do Vila Santista sentia a pressão e aos poucos foi carregando o time em faltas até cometer a quinta com apenas sete minutos de jogo.

O São Paulo mais uma vez chegou com perigo, agora após uma boa troca de passes, Leonardo teve espaço e arriscou o chute de longe que fez Manga voar na bola e com a ponta dos dedos colocar pela linha de fundo.

O Vila Santista respondeu com Edmílson que encarou a marcação de Romarinho, jogou a bola na frente e ganhou na velocidade para chutar cruzado da direita mas sem muito perigo ao goleiro Lú que pegou firme.

Até que aos 10’25 o goleador Felipe Ferrari mostrou que sabe fazer gols como poucos, com a bola dominada fora da área ele chutou com precisão no canto esquerdo de Lú que ainda pulou mas não achou nada e viu o Vila Santista fazer 1 a 0.

Só que aos 15 minutos o São Paulo conseguiu seu primeiro tiro livre direto após receber a sexta falta coletiva. Ranny foi para a cobrança e com extrema categoria deu um toque que encobriu o experiente Manga para fazer um golaço e deixar tudo igual no placar.

Mas foram nos três minutos finais do primeiro tempo que o Vila Santista conseguiu construir boa vantagem no placar. Aos 17 minutos, Caíque pelo lado direito fez grande jogada e mesmo sem ângulo conseguiu chutar cruzado, Coruja ainda conferiu para o gol, mas a arbitragem deu o gol para Caíque, 2 a 1 Vila Santista.

Logo em seguida, mais precisamente 20 segundos após o segundo gol, o Vila Santista ampliou. Em um ataque rápido, Felipe Ferrari tocou para Caíque pelo lado direito de primeira dar uma assistência perfeita para Rogatto na área só completar e fazer 3 a 1.

O time do Catiapoã até teve chance de descontar, mas esbarrou na trave em chute de Alexandre Garrincha após receber a bola de Marcos Vinicius ele pelo lado direito soltou a bomba no poste esquerdo.

E no último lance da etapa inicial, Edinho Granja em uma cobrança de falta tocou curtinho para Caíque soltar uma paulada que ainda contou com um leve desvio no caminho e foi morrer no fundo das redes de Lú, um golaço, o quarto do Vila Santista.

Na segunda etapa o São Paulo voltou com uma postura mais ofensiva, afinal, só o empate ou claro a vitória interessava. E o time conseguiu descontar após uma bobeira de Coruja que deu um passe de graça na altura da intermediária que ligou o contra ataque e Tarciso na área definiu para fazer o segundo do time.

O gol animou o São Paulo que começou a pressionar e teve boas chances, em uma delas Ranny passou pela marcação de dois jogadores antes de chutar e a bola saiu tirando tinta da trave.

Pouco depois foi a vez de Leonardo que mesmo marcado por Coruja conseguiu achar um espaço e chutou forte cruzado da direita, Manga estava bem colocado e conseguiu fazer a defesa.

E no momento que o São Paulo era melhor na partida, o Vila Santista mostrou que não pode vacilar com ele, Rogatto fez grande jogada ao driblar Marcos Vinicius, passou por Romarinho e chutou cruzado da direita, a bola nem foi tão forte mas Kazuo acabou atrapalhado por muita gente a sua frente e deixou a bola passar, era o quinto do time com as cores do Brasil e o segundo de Rogatto.

O Vila Santista ainda teve a chance de definir de vez a partida quando Barroso partiu livre em um contra ataque e cara a cara com Kazuo tentou encobrir o goleiro, mas o chute não saiu bom e o arqueiro do São Paulo fez a defesa.

Restando 5 minutos para o final, o São Paulo passou a jogar com Kazuo como goleiro linha e a estratégia deu resultado. Ranny quase marcou quando desarmou Edinho Granja e chutou da entrada da área, a bola explodiu na trave mais uma vez.

Mas com uma assistência espetacular de Guilherme para Tarciso, o camisa 2 do São Paulo só teve o trabalho de completar e tirar de Gustavo Ferrari para fazer o terceiro gol.

E na sequência, Ranny em um contra ataque chutou forte de fora da área, Gustavo Ferrari fez boa defesa mas no rebote Tarciso com categoria tirou do goleiro para fazer o quarto gol do São Paulo e o terceiro dele no jogo.

A partida ficou emocionante nos segundos finais, era o Vila Santista tentando manter a vantagem e o São Paulo querendo o empate. E por muito pouco Tarciso em chute cruzado da direita não marca mas a bola passou por todo mundo e saiu para alívio do Vila Santista que só esperou o apito final para comemorar bastante a primeira colocação com uma campanha de quatro vitórias e duas derrotas, a mesma de Rinaldi e do próprio São Paulo, mas superior no saldo de gols.

FICHA TÉCNICA

VILA SANTISTA 5 X 4 SÃO PAULO DO CATIAPOÃ

Competição: Campeonato Santista Série A
Jogo: 1ª Fase
Categoria: Principal
Data: Terça-feira, 9 de janeiro
Local: CFT Barata/Jabaquara, em Santos
Arbitragem: Rondinelli Pereira e Hélio Alves
Gols: VILA SANTISTA: Caíque (2), Rogatto (2) e Felipe Ferrari; SÃO PAULO: Tarciso (3) e Ranny.

VILA SANTISTA – Manga, Gustavo Ferrari, Edmílson, Caíque, Rogatto, Barroso, Gabriel Moura, Coruja, Edinho Granja, Felipe Ferrari e Matheus Marins.
Técnico: Biro

SÃO PAULO DO CATIAPOà– Lú, Kazuo, Willian, Romarinho, Tarciso, Marcos Vinicius, Ranny, Guilherme, Leonardo, Isaac, Alexandre Garrincha e Cláudio.
Técnico: Júlio Lima

Vila Santista

você pode gostar também Mais do autor

Postar um comentário