Rinaldi tira invencibilidade do São Paulo e aguarda adversário das quartas de final

Além da boa atuação em conjunto, o time do Macuco contou com a sorte de ter 5 bolas na sua trave

A Rinaldi venceu o São Paulo do Catiapoã por 5 a 3, na noite desta sexta-feira, dia 5 de janeiro, no ginásio CFT Barata/Jabaquara, em Santos, em partida válida pela fase de classificação do Campeonato Santista da série A.

A vitória serviu para tirar a invencibilidade do adversário que vinha de quatro triunfos em quatro jogos e ainda assumiu a liderança do grupo B, mas o time do Macuco vai ter que aguardar até terça-feira, dia 9, quando o mesmo São Paulo vai enfrentar o Vila Santista para definir a sua posição e assim conhecer o adversário das quartas de final.

A partida

Precisando vencer para continuar com chances de ficar nas primeiras posições e ter a vantagem do empate na próxima fase, a Rinaldi começou indo pra cima do São Paulo e quase abriu o marcador com Daniel em jogada pela esquerda em que ele chutou forte mas Lú fez boa defesa.

Aos 05’08 a Rinaldi conseguiu fazer o seu gol quando Tuta chutou cruzado da direita, o goleiro Lú chegou a fazer a defesa mas segundo a arbitragem a bola já havia ultrapassado a linha e assim o gol foi confirmado sem reclamação por parte do time vicentino, 1 a 0.

No minuto seguinte, a Rinaldi ampliou com Lê que partiu em velocidade ainda da defesa, foi passando pela marcação até ficar cara a cara com Lú e tocar por cima do goleiro com categoria para fazer 2 a 0.

O São Paulo teve a chance de descontar após Guilherme dar um lindo passe para Claudio na área, ele pegou de primeira mas acabou acertando a trave de Baiano.

Pouco depois, o São Paulo conseguiu marcar com Romarinho que deu um belo drible em Vini depois ganhou a dividida com Bodde e cara a cara com Baiano tocou no canto esquerdo para descontar.

Aos 14’21 o lance mais bonito da partida, após uma boa troca de passes dos jogadores da Rinaldi, Vagninho pelo lado esquerdo com liberdade deu só um toque na bola para colocar um efeito nela e encobrir o goleiro Lú, um gol digno de placa, o terceiro da Rinaldi na partida.

Mas o São Paulo não se apavorou com a vantagem de dois gols da Rinaldi e ainda no primeiro tempo conseguiu chegar ao empate. Antes do segundo gol, Ranny arriscou chute de fora da área e acertou a trave.

Isaac tocou para Alexandre Garrincha da entrada da área chutar forte com precisão e fazer o segundo gol do São Paulo.

E quando restavam 10 segundos para o fim, Ranny tabelou com Alexandre Garrincha e já dentro da área chutou, Baiano fez a defesa mas no rebote Alexandre Garrincha completou para empatar o jogo.

No segundo tempo a partida voltou bastante equilibrada, com as duas equipes bastante fortes na marcação e não dando espaços.

Só aos 04’30 em uma cobrança de falta pela direita, vagninho viu Raphael Pipoca livre na esquerda e tocou para o camisa 1 da Rinaldi finalizar de primeira e fazer 4 a 3.

O São Paulo começou a jogar com o goleiro Lú como mais um homem de linha na tentativa de pressionar para chegar ao empate. E após um chute do próprio Lú em que Baiano segurou firme, o goleiro da Rinaldi chutou direto ao gol adversário e marcou o quinto da Rinaldi.

E a noite era mesmo de Baiano, não só pelas defesas e pelo gol marcado mas pela sorte. No primeiro tempo, duas bolas acertaram suas traves e no segundo tempo foram mais três. Marcos Vinicius, Leonardo e Ranny foram os responsáveis por carimbar as traves de Baiano.

E a partida terminou assim, 5 a 3 para a Rinaldi que tirou a invencibilidade do São Paulo e vai com muita moral para as quartas de final.

FICHA TÉCNICA

RINALDI 5 X 3 SÃO PAULO DO CATIAPOÃ

Competição: Campeonato Santista Série A
Jogo: 1ª Fase
Categoria: Principal
Data: Sexta-feira, 5 de janeiro
Local: CFT Barata/Jabaquara, em Santos
Arbitragem: Evandro Franco e Hélio Alves
Gols: RINALDI: Tuta, Lê, Vagninho, Raphael Pipoca e Baiano; SÃO PAULO: Alexandre Garrincha (2) e Romarinho.

RINALDI – Baiano, Raphael Pipoca, Tuta, Lê, Vagninho, Bodde, Daniel, Vini e Thiaguinho.
Técnico: Flávio

SÃO PAULO – Lú, Guilherme, Romarinho, Alexandre Garrincha, Ranny, Marcos Vinicius, Isaac, Leonardo e Claudio.
Técnico: Julio Lima

Rinaldi

você pode gostar também Mais do autor

Postar um comentário